VITAMINA C: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O ÁCIDO ASCÓRBICO

O ácido ascórbico, popularmente conhecido como vitamina C, é formado pela combinação química de três elementos: carbono, hidrogênio e oxigênio. Porém, para que ocorra a formação do composto orgânico, é preciso que os elementos estejam em uma determinada organização estrutural.

A vitamina C tem diversas funcionalidades no organismo humano, sendo inclusive, fundamental para o bom funcionamento do corpo, contribuindo para o crescimento dos tecidos, regulação do sistema nervoso central, defesa do organismo contra infecções, manutenção da integridade dos vasos sanguíneos, processo de cicatrização de feridas, entre várias outras funções.

A deficiência do ácido ascórbico pode prejudicar o funcionamento do organismo de diversas formas, podendo causar uma doença chamada escorbuto (daí surgiu o nome do ácido). Por isso, a recomendação é que sejam consumidos diariamente pelo menos 100 mg (miligramas) de vitamina C.

Fontes de vitamina C (ácido ascórbico)

Abaixo separamos os principais alimentos em que há a presença de vitamina C, e que, portanto, precisam fazer parte da sua dieta:

  • Frutas: morango, laranja, caju, abacaxi, limão, acerola, entre outros;
  • Folhagens: salsa, folha de mandioca, couve-de-bruxelas, cheiro-verde, espinafre etc.;
  • Flor do brócolis;
  • Pimentão;
  • Pimenta malagueta;
  • Abobrinha.

Utilização do ácido ascórbico

São diversos os alimentos em que se encontra o ácido ascórbico, porém ele também pode ser obtido a partir de síntese laboratorial. Essa síntese ocorre de várias formas, sendo a principal a que utiliza a glicose como molécula precursora (reagente) para depois submetê-la a processos de redução e oxidação. Veja algumas utilizações da vitamina C:

  • Aditivo nutricional (para que a pessoa consuma o ácido ascórbico em certos produtos industrializados);
  • Na produção de massas para melhorar a retenção de gás e aumentar a maciez do glúten;
  • Adicionado a bebidas, como vinho, cerveja e leite, e também a enlatados e cereais matinais para inibir a oxidação;
  • Adicionado a frutas para evitar o escurecimento;
  • Adicionado a carnes para evitar a formação de nitrosaminas, que são originadas por causa do uso de nitrito de sódio para inibir o desenvolvimento de micro-organismos. Vale ressaltar que as nitrosaminas são compostos orgânicos com elevado poder carcinogênico (pode formar células cancerígenas).

Características do ácido ascórbico

Confira abaixo algumas das principais características do ácido ascórbico e como o composto químico se comporta em diferentes situações: 

  • Em temperatura ambiente, é um sólido cristalino;
  • Apresenta-se na cor branca ou amarela;
  • É bastante solúvel em água;
  • É solúvel em etanol;
  • Não possui solubilidade em solventes orgânicos da classe dos hidrocarbonetos, éteres e cetonas;
  • É um composto mais denso que a água;
  • Seu sabor é azedo;
  • No estado sólido, é uma substância bastante estável;
  • Em solução aquosa ou alcoólica, sempre sofre oxidação, ou seja, não é estável.

Diante dessas informações, é possível destacar a importância desse ácido e as várias formas em que o composto pode estar presente nos alimentos de maneira natural ou por meio de síntese laboratorial. Neste segundo caso, é válido lembrar que a distribuidora precisa ser confiável, pois os produtos serão ingeridos. 

A Pochteca Coremal é especializada na distribuição de soluções químicas de alta qualidade, com anos de experiência no mercado, parceria com os melhores fornecedores nacionais e internacionais, além de uma transportadora própria. Acesse o nosso site e entre em contato para fazer uma cotação ou esclarecer dúvidas sobre o ácido ascórbico.

Archivo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on skype
Skype