Pesquisar
Close this search box.

Biocida: o que é, para que serve e suas aplicações!

Biocida

O termo “biocida” pode parecer desconhecido para muitos, mas esse é um composto muito importante para a indústria. 

As biocidas são substâncias químicas projetadas para destruir, inibir ou controlar organismos vivos, como bactérias, fungos, vírus e algas. 

Esses compostos possuem aplicações diversas em diferentes setores, incluindo saúde, agricultura, indústria e saneamento. 

Mas afinal o que são exatamente os biocidas e como são aplicados? É exatamente isso que vamos aprofundar neste artigo. 

Se você deseja saber mais sobre esse composto químico, continue conosco e boa leitura! 

💡Leia também: Saiba o que é dextrose, para que serve, e onde encontrar


O que é o biocida?

A biocida é um termo utilizado para descrever diferentes substâncias, sejam elas químicas ou biológicas, que são capazes de destruir organismos indesejados, como bactérias e vírus.

Elas podem ser implementadas em diferentes áreas, como higiene pessoal, saúde pública, agricultura, indústria, construção civil e conversação de materiais. 

No entanto, a sua utilização é perigosa e necessita de precauções adequadas, pois muitos deles podem ser tóxicos para os seres humanos, animais e meio ambiente. 

Por isso, antes de utilizá-lo, é importante contar com o auxílio de um profissional especializado no uso desse composto. 

Para que serve o biocida?

Os biocidas são utilizados para desinfetar superfícies, purificar água, preservar produtos alimentícios e evitar o crescimento de microrganismos em tintas, cosméticos e outros. 

Em várias indústrias, o biocida é empregado para prolongar a vida útil dos produtos, prevenindo o crescimento de microrganismos que podem deteriorá-los. 

Além disso, ele também é utilizado para controlar e erradicar pragas que representam riscos à saúde humana, à agricultura, à indústria e ao meio ambiente. 

Ou seja, de maneira geral, a biocida é utilizada para proteger superfícies e produtos de organismos vivos que podem comprometer a saúde dos seres humanos. 

Onde é utilizado?

Mas afinal, mas onde o biocida pode ser utilizado? Esse composto é utilizado em diversos setores e contextos, pelo fato de ter uma grande potência de eliminação de bactérias. Veja:

  • Higiene Pessoal: Em produtos como sabonetes, desodorantes, xampus e cremes dentais para prevenir o crescimento de bactérias e fungos.
  • Saúde Pública: Em hospitais, clínicas e centros de saúde para desinfetar superfícies, equipamentos médicos e ambientes, a fim de prevenir a propagação de doenças infecciosas.
  • Água Potável: Para tratamento de água destinada ao consumo humano, desinfetando-a e tornando-a segura para beber.
  • Indústria Alimentícia: Na produção de alimentos e bebidas, para preservar a qualidade e segurança dos produtos, prevenindo a contaminação microbiológica.
  • Agricultura: Para proteger culturas agrícolas contra pragas, doenças e ervas daninhas, melhorando o rendimento das colheitas.
  • Indústria Química: Em processos industriais para controlar a proliferação de micro-organismos que podem interferir na produção ou causar danos aos equipamentos.
  • Construção Civil: Na fabricação de materiais de construção, tintas e revestimentos para prevenir o crescimento de fungos, algas e bactérias que podem danificar as estruturas.
  • Conservação de Patrimônio: Em museus, bibliotecas e arquivos para proteger obras de arte, livros e documentos contra a deterioração causada por micro-organismos.

Esses são apenas alguns exemplos das inúmeras possibilidades de aplicação do biocida, demonstrando sua importância na preservação da saúde pública. 

💡Leia também: Fluidos de transferência de calor: definição, tipos e aplicações [Guia]

Quais os tipos de biocidas?

uso de biocidas

Existem diferentes tipos de biocidas, cada um com suas finalidades e características. Para você conhecer melhor cada um deles, separamos uma breve explicação a seguir. Veja! 

  • Desinfetantes: São utilizados para eliminar ou inativar microrganismos presentes em superfícies, objetos e ambientes. Eles são amplamente utilizados na desinfecção de hospitais, clínicas e indústrias alimentícias.
  • Fungicidas: Controlam e eliminam fungos indesejados. São importantes na agricultura e na preservação de materiais.
  • Bactericidas: Têm a função de matar bactérias. São usados em higiene humana, veterinária e na indústria de alimentos.
  • Herbicidas: Controlam o crescimento de plantas daninhas. São amplamente utilizados na agricultura e jardinagem.
  • Inseticidas: Combatem insetos indesejados. São essenciais na agricultura e no controle de pragas.
  • Algicidas: Controlam e eliminam algas em ambientes aquáticos, como piscinas e lagos.

Esses diferentes tipos de biocidas têm funções específicas e são aplicados em diversos setores e contextos.

Quais são os riscos associados ao uso de biocidas?

Embora os biocidas sejam essenciais para a higiene, saúde pública e proteção de materiais, é importante estar ciente dos riscos associados ao seu uso.

Isso porque os biocidas podem contaminar o solo, água e ar, podendo afetar negativamente a biodiversidade e os ecossistemas aquáticos. 

Além disso, o uso excessivo de biocidas pode levar ao desenvolvimento de resistência em microrganismos, tornando-o menos eficazes ao longo do tempo. 

Inclusive, alguns biocidas podem ser altamente tóxicos para os seres humanos, caso a exposição do indivíduo seja prolongada ou inadequada. 

Ou seja, é importante utilizar biocidas com responsabilidade e técnica, seguindo as orientações de uso e considerando os riscos envolvidos.

Qual é a regulamentação para o uso seguro de biocidas no Brasil?

homem com roupas adequadas usando biocidas

No Brasil, a regulamentação para o uso seguro de biocidas, incluindo agrotóxicos, é abordada por meio de legislações específicas. 

A primeira é o Decreto 10.833/2021 que alterou o Decreto 4.074/2002 e trouxe atualizações às regras brasileiras aplicadas aos agrotóxicos. 

Seu objetivo principal é aprimorar a legislação e harmonizar as regras com critérios internacionais, como adotando o GHS. 

Além da racionalização do processo de análise de registro de agrotóxicos entre órgãos competentes (Anvisa, Ministério da Agricultura e Ibama). 

Inclusive, o decreto também vem para estabelecer prazos factíveis para análise de pedidos de registro. 

Está em busca de biocidas de alta qualidade e segurança? Então, a Pochteca é o lugar certo para você! Entre em contato conosco e veja os tipos de biocidas que temos disponíveis para sua produção.

Conclusão

Os biocidas são substâncias importantíssimas para a proteção da saúde humana, animal e do meio ambiente. 

Esse composto pode ser utilizado em diferentes áreas industriais, como a farmacêutica, saúde, higiene pessoal, construção civil e outros. 

No entanto, para utilizar esse tipo de composto, é muito importante que você saiba manuseá-lo de maneira correta, evitando a intoxicação. 

Além disso, é essencial considerar os impactos ambientais, a resistência microbiana e a toxicidade, garantindo que os benefícios superem os riscos. 

Gostou deste conteúdo? Para mais como este, acesse o blog da Pochteca Coremal! 

💡Leia também: Veja o que é D Pantenol, para que serve e os benefícios em cosméticos

Archivo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Skype

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos relacionados

Químicos
Tripolifosfato de Sódio

O tripolifosfato de sódio é um composto inorgânico especificamente um sal de sódio, é obtido a partir da reação do carbonato de sódio com o

Leia mais »

COMUNICADO SOBRE SEGURANÇA EM PAGAMENTO

Prezado cliente, 

Recentemente recebemos relatos de clientes informando sobre tentativas de fraude em nome da nossa empresa.

Uma pessoa se fazendo passar por funcionária da área de Créditos e Cobrança da Pochteca Coremal, relata um problema no cálculo de preços de venda e, por conta disso, um novo boleto estaria sendo emitido com o valor correto e enviado novamente para o cliente.

A Pochteca Coremal esclarece que não envia esse tipo de e-mail aos clientes e que qualquer questão relacionada a divergência de valores são préviamente discutidas entre as áreas envolvivas na venda do produto, e nunca partindo da área de Crédito e Cobrança.

Atenciosamente.

Outros países