Pesquisar
Close this search box.

Tipos de matérias-primas: Descubra quais são!

tipos de matérias primas

A matéria-prima é um recurso de extrema importância para economia mundial, já que é a base para a criação de diversas mercadorias. 

Geralmente, são produtos naturais que podem ser classificados conforme a sua origem, como animal, vegetal e mineral. 

Com o crescimento da atividade industrial globalmente, consequentemente, as matérias-primas também ganham relevância em seu uso. 

De acordo com a Divisão Internacional do Trabalho, os países subdesenvolvidos são os que mais produzem todos os tipos de matérias-primas para os países desenvolvidos. 

Saber os tipos de matéria-prima, seu significado e para que servem é muito importante para entender o processo de produção das mercadorias. 

Por isso, a Pochteca Coremal, neste artigo, explicará detalhadamente quais são os tipos de matérias-primas e suas diferenças entre insumo. Continue conosco para saber mais! 

O que são matérias-primas?

Em suma, a matéria-prima é todo elemento base fundamental para a produção de produtos industriais. 

Pode ser um elemento natural ou produzido. No entanto, deve ser a base para a criação de um produto específico. 

A matéria prima pode ser consumida de maneira crua pela sociedade, como frutas e vegetais, que são consumidos sem passar por nenhum tipo de processo para se tornar mercadoria. 

Boa parte dos tipos de matérias-primas que são comercializadas ao redor do mundo são conhecidas como commodities. 

Portanto, são produtos “brutos”, que não passam pelo processo industrial e sem valor agregado. 

Quais são os tipos de matérias-primas?

Como dito anteriormente, os tipos de matérias-primas que são comercializadas ao redor do mundo são classificadas em três formas: animal, vegetal e mineral. 

Seu uso pode ser diversificado, conforme a área específica da indústria. No entanto, todos os tipos possuem uma grande demanda de utilização. 

Para você entender melhor os tipos de matérias-primas, explicaremos o que é e qual é a função de cada uma. Confira abaixo! 

Matéria-prima vegetal

A matéria-prima vegetal é extraída por meio da flora, ou seja, de elementos da vegetação de uma região. 

Classificam-se os como matéria-prima vegetal os frutos e vegetais que são consumidos diretamente pela sociedade. 

Como ressaltado anteriormente, eles são matérias-primas que não passam pelo processamento industrial. 

Uma das principais matérias-primas comercializadas são a madeira e o algodão. Por exemplo, o algodão é utilizado pela indústria têxtil e a madeira para o papel. 

Matéria-prima animal

A matéria-prima vegetal é aquela que é adquirida por meio da pecuária, ou seja, pela criação de animais, caça e pesca. 

Umas das principais matérias-primas animais comercializada ao redor do mundo é a carne, o leite, os ovos, e o couro. 

O leite, por exemplo, é proveniente da pecuária de bovinos sendo utilizado como matéria-prima para a produção de queijos, iogurtes e outras mercadorias. 

Matéria-prima mineral

Como já diz o nome, a matéria-prima mineral é aquela proveniente do minério, encontrado em estruturas rochosas do planeta terra. 

Por exemplo, a bauxita, rocha vermelha formada principalmente por óxido de alumínio (AI2O3), é matéria-prima para a fabricação de alumínio. 

Além disso, o ferro é uma matéria-prima mineral que deriva o aço — um material intermediário fabricado em indústrias de base e utilizado para a produção de outras mercadorias. 

Quais são os tipos de matérias-primas mais usadas na indústria?

tipos de matérias primas o que são

Todas as matérias-primas possuem uma grande demanda na indústria, mas existem dois tipos que recebem o título de mais utilizadas, sendo a vegetal e a mineral. 

Por exemplo, na matéria-prima vegetal, o elemento mais utilizado é o algodão, principalmente para indústria têxtil. Alguns exemplos são: 

  • Elastano; 
  • Algodão; 
  • Lã;
  • Seda;
  • Linho; 
  • Poliéster. 

No entanto, a soja também é uma matéria-prima bastante usada na indústria para confeccionar o óleo culinário e a ração animal, por exemplo. 

Já a matéria-prima mineral, se destaca pela sua variação de utilidades. Se encaixam nessa diversidades elementos como: Mármore, Ferro, Granito e Pedra. 

No Brasil, a maioria da produção de matéria-prima mineral está localizada no Sudeste, com 65% da fabricação, depois o Nordeste com 25% e Sul, Centro-Oeste e Norte com 11%. 

Leia também: Qual é a matéria prima do plástico?

Qual é a diferença entre matéria-prima e insumo?

É comum que as pessoas confundam matéria-prima com insumos, mas ambos possuem conceitos distintos. 

O insumo é todo material utilizado durante a produção da mercadoria, como equipamentos, água, ferramentas e outros. Ou seja, que não constitui no produto final. 

Por exemplo, na fabricação de uma roupa, o algodão é a matéria-prima, já que é a base fundamental para a confecção. 

Todo o material utilizado no processo de confecção, como outros produtos complementares, são considerados insumos de produção

Quais são as matérias-primas mais conhecidas?

São utilizadas diversas matérias-primas na produção das mercadorias. No entanto, de modo geral, existem as mais populares entre as indústrias. 

No caso da indústria de produção de biodiesel, as matérias-primas mais utilizadas são: óleo de soja, gordura animal, óleo de canola e outros materiais graxos. 

Já na indústria têxtil, a matéria-prima mais conhecida e utilizada é o algodão, lã, elastano, linha de algodão.

Agora, em relação à matéria-prima mineral, a mais conhecida é o ferro, que dá origem a diversos outros elementos de base fundamental para a produção. 

A utilização dos elementos varia de acordo com a área de cada indústria. O que define a matéria-prima que será mais utilizada é o produto final. 

Qual é a importância da matéria-prima?

Os tipos de matérias-primas são importantes para toda a produção de mercadorias consumidas pela sociedade. 

A presença desses elementos é imprescindível para o desenvolvimento da atividade industrial, já que elas são a base fundamental para a fabricação. 

Portanto, o conjunto de matérias-primas é responsável pela base econômica do setor secundário da economia mundial. 

Então, quanto mais a industrialização aumentar no mundo, mais matérias-primas serão produzidas. 

Onde adquirir matéria-prima?

onde adquirir tipos de matérias primas

Como ressaltado anteriormente, o tipo de matéria-prima a ser utilizada dependerá do produto final. 

Atualmente, existem diversas empresas que distribuem matérias-primas para a produção de mercadorias. 

No entanto, não são todas as empresas que oferecem elementos de produção de qualidade. Por isso, é muito importante conhecer bem o seu fornecedor. 

Então, se o seu empreendimento necessita de matéria-prima vegetal, procure um fornecedor já conhecido pela sua distribuição de qualidade. 

Caso contrário, seu produto final pode ficar com uma baixa qualidade e não se destacar em relação aos concorrentes. 

Se você está em busca de um fornecedor especializado em distribuição de matérias-primas de qualidade, conte com a Pochteca Coremal. 

Estamos há 70 anos no mercado de matéria-prima, e disponibilizamos plásticos, borrachas, químicos, tintas, resinas, alimentos e muito mais. Venha conhecer nossos serviços! 

Conclusão

Conhecer o conceito e significado dos tipos de matéria-prima é essencial para manter uma produção saudável e sem dificuldades. 

Além disso, sabendo suas diferenças, você saberá exatamente de qual matéria-prima a sua produção industrial precisa. 

No entanto, lembre-se, para ter um produto final de qualidade, você necessita de uma matéria-prima de excelência. Portanto, conte com um fornecedor confiável e que realmente faça a diferença na sua produção. 

Archivo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Skype

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos relacionados

Químicos
Dióxido de Titânio

Dióxido de Titânio: O dióxido de titânio (TiO2) é um composto químico encontrado na natureza, TIO2 é extraído do minério Ilmenita na cor Preta e

Leia mais »

COMUNICADO SOBRE SEGURANÇA EM PAGAMENTO

Prezado cliente, 

Recentemente recebemos relatos de clientes informando sobre tentativas de fraude em nome da nossa empresa.

Uma pessoa se fazendo passar por funcionária da área de Créditos e Cobrança da Pochteca Coremal, relata um problema no cálculo de preços de venda e, por conta disso, um novo boleto estaria sendo emitido com o valor correto e enviado novamente para o cliente.

A Pochteca Coremal esclarece que não envia esse tipo de e-mail aos clientes e que qualquer questão relacionada a divergência de valores são préviamente discutidas entre as áreas envolvivas na venda do produto, e nunca partindo da área de Crédito e Cobrança.

Atenciosamente.

Outros países