Indústria de tintas: o que é e como funciona?

Indústria de tinta

A indústria de tintas, de início, não é um assunto tão marcante para o brasileiro. No entanto, ela tem um papel muito importante na história do território nacional. 

 

Ela está fortemente ligada a história do Brasil. Isso porque foi graças ao pigmento avermelhado do Pau Brasil que os portugueses tiveram interesse em colonizar o território. 

 

Mesmo que a história das tintas tenha começado há muito tempo, ela ainda está presente no cotidiano das pessoas e também das indústrias. 

 

Com o avanço tecnológico, as tintas se tornaram um fator importante para as indústrias, tanto que fazem parte de seu cotidiano até hoje. 

 

Para você ter melhor entendimento sobre o assunto, a Pochteca Coremal, neste artigo, explicará detalhadamente o que é e como funciona uma indústria de tintas. 

 

O que é uma tinta industrial?

Como já diz o nome, a tinta industrial é uma pigmentação voltada para indústrias. Portanto, elas devem estar devidamente preparadas para aguentar a realidade produtiva industrial. 

 

Por isso, a tinta industrial é um produto que contém substâncias específicas que garantem a alta resistência e durabilidade. 

 

Por conta das substâncias específicas em sua composição, a tinta industrial consegue evitar corrosão química, impacto mecânico, ação abrasiva e outros. 

 

Ou seja, a tintura industrial é um produto que garante a segurança e conserva o aspecto estético de qualquer empreendimento comercial. 

 

Diferença entre tinta industrial e residencial 

 

Existem dois tipos de tintas, a residencial e a industrial. Como já falamos, a industrial é voltada para as indústrias, já que possui substâncias mais resistentes e duráveis. 

 

Já as residenciais, como diz o nome, são tintas utilizadas para pinturas de imóveis. Geralmente, elas são feitas à base d’água — se tornando mais econômicas. 

 

Comparada à tinta industrial, a tinta residencial somente evita problemas derivados das ações do tempo. Ou seja, não é nenhum um pouco recomendada para fins industriais. 

 

Como funciona a indústria de tintas? 

 

Você sabia que veículos, pigmentos, solventes e aditivos, possuem os mesmos elementos básicos de todas as tintas em circulação no mercado? 

 

A única coisa que os difere são as substâncias utilizadas para cada fim. Ou seja, uma tinta industrial terá um tipo de substância que é diferente da residencial. 

 

Por isso é muito importante que a indústria de tinta mantenha um controle rigoroso de qualidade. Sem uma vistoria de qualidade, o produto final pode ser prejudicado. 

 

Na indústria de tintas, é muito importante escolher os melhores compostos para a elaboração dos produtos. 

 

Por um lado, pode ser um processo complexo, pois existem diversos pigmentos que podem reproduzir uma única cor. Por exemplo, no caso da cor branco, o composto mais utilizado é o dióxido de titânio

 

No entanto, existem pelo menos outras quatro substâncias que têm a mesma funcionalidade. 

 

Ou seja, existem diversos fatores que devem ser considerados na indústria de tintas. Caso eles não sejam devidamente avaliados, o produto final pode ser prejudicado. 

 

Como é produzida a tinta? 

Como é produzida a tinta

A produção de tintas é nada mais do que um processo químico, onde acontece a combinação de diversas substâncias. 

 

No entanto, os componentes básicos dessa produção são: resinas, pigmentos, diluentes e aditivos. Cada uma dessas substâncias possuem uma função específica. Veja abaixo: 

 

  • Resinas: essa substância é responsável pela formação da película protetora, deixando a tinta brilhante e fixada nos objetos e paredes onde é aplicada. 
  • Pigmentos: os pigmentos nada mais são do que a substância que dá cor e textura à tinta. 
  • Diluentes: também conhecidos como solventes, eles deixam a tinta líquida para que não endureçam ao longo do tempo; 
  • Aditivos: eles são utilizados para melhorar a aparência da tinta. Existem diversos tipos de aditivos, os mais comuns são: secantes, antiespumantes, bactericidas e fungicidas. 

 

A partir desse conjunto é possível formar a tinta. No entanto, a fórmula de cada produto pode mudar, dependendo da finalidade da tinta. 

 

Quais são os tipos de tintas? 

 

Atualmente, no mercado, existem diversos tipos de tintas disponíveis para pintura — cada uma com sua determinada característica. 

 

Saber quais são os tipos de tintas é importante para pintar um produto, parede, equipamentos, mercadorias e outros. 

 

Se a tinta escolhida for errada, muito provavelmente, o produto final ficará prejudicado e a pigmentação desaparecerá com o tempo. Por isso, existem tintas como: 

 

  • Tinta Látex PVA: 
  • Tinta Acrílica; 
  • Tinta Epóxi; 
  • Tinta Superlavável; 
  • Tinta Inodora; 
  • Tinta industrial; 
  • Tinta residencial. 

Essas são os principais tipos de tinta, mas ainda existem outras que são comercializadas no mercado. Vale ressaltar que cada uma dessas tintas possuem suas próprias características. 

 

Portanto, se você deseja realizar a pintura de algum produto ou parede, é válido estudar qual é o tipo de tinta ideal para sua pintura. 

 

Benefícios da indústria de tintas 

 

Você sabia que a indústria de tintas oferece benefícios para a sociedade? Isso mesmo! Sem ela, grande parte das atividades comerciais não seriam a mesma coisa. 

 

Isso porque boa parte dos produtos, objetos, formas e outros, necessitam de tinta para ter um significado completo. Ou seja, tudo o que vemos e tocamos possui pigmentação ou tinta. 

 

Essa tinta utilizada na produção desses produtos é proveniente das indústrias de tintas. Ou seja, essas indústrias produzem a tinta e comercializam para outras indústrias fabricarem seus produtos finais. 

 

Portanto, a indústria de tinta possui um papel fundamental para a transformação visual e a incorporação de características nos produtos finais. 

 

As tintas produzidas pela indústria da tinta proporcionam embelezamento, valorização, renovação, recuperação e personalização para um produto final. 

 

Além disso, as tintas agregam características de desempenho a produtos e estruturas, essenciais para a sua durabilidade. Isso porque a tinta consegue proteger de corrosão, abrasão, fortes temperaturas, produtos químicos, umidade e muitos outros aspectos. 

 

Onde adquirir tintas de qualidade? 

Onde adquirir tintas de qualidade

 

Apesar da tinta ser extremamente comercializada, é muito importante que você escolha as tintas certas para sua pintura. 

 

Cada indústria de tinta produz seu produto da sua maneira. Por isso, muitas vezes, o produto final pode ser de baixa qualidade. 

 

Uma maneira de sempre adquirir tintas de qualidade é optar por fabricantes de confiabilidade, como a Pochteca Coremal. 

 

Na Pochteca Coremal, você encontra tintas, resinas, solventes puros, blendas, pigmentos, aditivos e muito mais para iniciar a produção da sua indústria. 

 

Venha conhecer o nosso catálogo de produtos e garanta qualidade, durabilidade e resistência no seu produto final! 

Conclusão 

Apesar da indústria de tintas não ter a atenção devida da população, ela é muito importante para o modelo de comércio atual. 

 

Sem elas não teríamos cores nos produtos que são comercializados diariamente nas lojas, mercados e comércios. 

 

No entanto, a tinta comercializada para as indústrias deve ser de qualidade. Isso porque, caso ela seja de baixa qualidade, o produto final pode ser totalmente comprometido. 

 

Por isso, é muito importante que as indústrias procurem fornecedores de qualidade e confiabilidade, como a Pochteca Coremal. 

Archivo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Skype

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos relacionados

Químicos
Sílica para aplicação em borracha

O dióxido de silício (fórmula química SiO2), também conhecido como sílica, é um óxido amplamente utilizado pela indústria. Está presente em abundância no planeta Terra,

Leia mais »
Químicos
Lauril Éter Sulfato de Sódio

O lauril éter sulfato de fórmula: C12H25NaO3S, é um composto amplamente utilizado em produtos para cuidados pessoais, também é comum referir-se a este composto por

Leia mais »

Outros países