Pesquisar
Close this search box.

Cumarina: o que é e para que serve

A cumarina é amplamente empregada na indústria de perfumaria, cosméticos e aromatizantes. Há algumas décadas, a cumarina era muito usada como aromatizante em alimentos, mas ao descobrirem toxicidade hepática em alguns compostos, seu uso voltado para a alimentação foi restringido.

A partir disso, a cumarina passou a ser autorizada apenas para utilização na fabricação de produtos não ingeríveis e passou a ser amplamente utilizada na composição de produtos de limpeza, tintas, tabaco e diversos cosméticos como desodorantes, produtos para banho, loções corporais, xampus, entre outros.

O que é cumarina?

As cumarinas são lactonas do ácido o-hidroxicinâmico, e estima-se que foi descoberta aproximadamente em 1820. Além da fruta cumaru, que dá origem ao nome do composto, as cumarinas podem ser encontradas em uma grande variedade de vegetais e também está presente em alguns fungos e bactérias. 

Seu cheiro é extremamente forte, com uma fragrância que lembra uma mistura de baunilha, amêndoas, canela e cravo. Além disso, a cumarina também faz parte da composição de muitos medicamentos, por possuir propriedades antibióticas, anti-inflamatórias e broncodilatadoras. 

Aplicações da cumarina

A cumarina pode ser utilizada na composição de produtos de segmentos muito variados, embora os dominantes sejam as indústrias de fragrâncias e cosméticos, devido ao odor forte do princípio ativo. Confira a seguir algumas das principais possibilidades de aplicações da cumarina: 

  • Amplamente utilizada na indústria de fragrâncias e “perfumaria fina” como matéria-prima sintética derivada do cumaru, apresentando notas de fava tonka, e cheiro abaunilhado e amendoado;
  • Devido à sua capacidade de exibir forte fluorescência, pode ser utilizada como corante e laser de corantes;
  • Sua solução de 1:200 pode ser utilizada como inseticida;
  • Por muito tempo, foi empregada na aromatização de produtos como manteiga, tabaco, medicamentos e perfumes. Atualmente, o limite de uso de cumarina em alimentos e bebidas não-alcóolicas é de no máximo 2mk/kg. No caso das bebidas alcoólicas e do caramelo, o limite passa para até 10 mg/kg e para a gomas de mascar 50 mg/kg;
  • É uma das principais substâncias do guaco, planta medicinal que atua no tratamento de doenças que atingem o sistema respiratório. A cumarina é um dos princípios ativos da planta, já que possui ação expectorante e broncodilatadora.

Características químicas

As cumarinas são sintetizadas principalmente através da reação de Perkin, que consiste na reação de um salicilaldeído com o anidrido acético na presença de acetato de sódio anidro e calor. São derivadas do metabolismo da fenilalanina, tendo como um de seus precursores o ácido o-hidroxicinâmico, que é hidroxilado na posição C-2.

As cumarinas fazem parte dos metabólitos denominados como benzopiranos e são classificadas como heterosídeos. Em sua estrutura química há um anel benzênico fundido com uma lactona e seu nome de acordo com a IUPAC é 1,2-benzopirona ou 2H-1- benzopiran-2-ona.

Fórmula molecular: C9H6O2

Massa molar: 146.143

Densidade: 0,94 g·cm³ (20°C)

Ponto de fusão: 68 – 71°C

Ponto de ebulição: 298 – 302ºC

Onde comprar  

No Grupo Pochteca buscamos oferecer soluções completas para a indústria. Somos especializados na distribuição de produtos químicos de alta qualidade, com anos de experiência no mercado, parceria com os melhores fornecedores nacionais e internacionais, além de uma transportadora própria. Para mais informações entre em contato com a gente, ou faça uma cotação clicando aqui

Archivo
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Email
Skype

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assuntos relacionados

Petróleo
Indústria de Petróleo e Gás

Atualmente, o petróleo continua sendo a principal fonte de energia, o mundo ficaria paralisado sem derivados do petróleo: gás natural, gás liquefeito, solventes, gasolina, querosene,

Leia mais »

COMUNICADO SOBRE SEGURANÇA EM PAGAMENTO

Prezado cliente, 

Recentemente recebemos relatos de clientes informando sobre tentativas de fraude em nome da nossa empresa.

Uma pessoa se fazendo passar por funcionária da área de Créditos e Cobrança da Pochteca Coremal, relata um problema no cálculo de preços de venda e, por conta disso, um novo boleto estaria sendo emitido com o valor correto e enviado novamente para o cliente.

A Pochteca Coremal esclarece que não envia esse tipo de e-mail aos clientes e que qualquer questão relacionada a divergência de valores são préviamente discutidas entre as áreas envolvivas na venda do produto, e nunca partindo da área de Crédito e Cobrança.

Atenciosamente.

Outros países